Candombe in the Street Como você sabe, o ritmo candombe é criado quando os três tambores tocam juntos. É comum ver muitos batuqueiros juntos nas ruas de Montevideo tocando seus instrumentos. É fácil encontrá-los na Isla de Flores, a rua que conecta Cuareim e Ansina, os dois bairros princpais do candombe. Faz mais de um século que cuerdas expontâneas desfilam por esta rua, tradição que continua até hoje. Isla de Flores também, leva seu segundo nome, Carlos Gardel, em homenagem ao grande cantor. Da mesmo jeito que a cuerda vai passando devagar pelas ruas de Montevideo, seu ritmo contagioso faz com que as pessoas sigam, e as pessoas saem às ruas para dançar o candombe. medida que a cuerda vai passando pelas estreitas ruas de Montevideo, as portas e janelas das casas se abrem para receber a mensagem que os tambores trazem. Em intervalos determinados pelo chefe da cuerda, os batuqueiros param seu desfile, ascendem uma fogueira para afinar os tambores e continuar. Puro candombe.

Com o passar dos anos, aparecem músicos e compositores , que escrevem e compõem para expressar seu amor pelo candombe, e relatos da vida de batuqueiro. Quando se juntam todas estas variáveis: ritmo, melodia e harmonia, o Grupo del Cuareim se faz presente.
Página Principal